PRÓ-SELO UNICEF PETROLINA
O mundo inteiro vai ver meu município mais fortalecido e com bons olhos.

Mais de 300 alunos de escolas municipais foram beneficiados com o Projeto Escola no Campo

Num clima de muita alegria entre os alunos, professores e parceiros, a Prefeitura Municipal de Petrolina, através da Secretaria de Irrigação, encerrou na manhã de hoje (20), através de uma gincana comemorativa, as atividades do Projeto Escola no Campo, na Escola Municipal Bruna Negreiro Leite, no Núcleo 7 do Projeto Senador Nilo Coelho.

O projeto que beneficia mais de 30 mil alunos e 2 mil professores em todo o Brasil, atende 150 secretarias municipais e estaduais do país acontece em parceria com a Empresa Syngenta, que trabalha no ramo de agronegócios, funcionando em mais de 90 países na produção de cultivos e proteção ao meio ambiente, com apoio da Empresa PlanteBem e em parceria com a ONG Abrinq-Save The Children e as Secretarias Municipais de Irrigação e Educação.

O evento, que teve como objetivo estimular a valorização dos alunos ao meio rural e promover a defesa dos direitos e o exercício da cidadania das crianças e adolescentes, contou com a participação de duas outras escolas da área do Perímetro Irrigado Senador Nilo Coelho, a Escola Manuel Alves Nogueira (N-4) e a Escola Ricardino Ferreira da Silva (Anexo N-11).

A gestora da Escola Bruna Negreiro Leite (N-7), Silvana Feitosa Siqueira, comentou sobre a empolgação e participação dos seus alunos e das demais escolas participntes. “Proporcionamos aos nossos alunos e as outras crianças uma aplicação direta sobre conhecimentos referentes ao meio ambiente e a conservação de produtos agrícolas. É importante destacar a interação que tivemos com os alunos de outras escolas, já que todos vivem na mesma realidade que é morarem e trabalharem na área rural”, declarou.

“O projeto tem a importância de conscientização das crianças das escolas municipais e, consequentemente, de seus pais, sobre os cuidados no manuseio de agrotóxicos. Avaliamos de forma positiva esse ciclo de encerramento dessa segunda edição, pois percebemos que através das produções de redações e desenhos feitas pelos alunos foi possível entender a proposta do projeto, que visa de modo maior, a proteção com o meio ambiente”, ressaltou o Secretário de Irrigação, Newton Matsumoto.

Um dos parceiros do Projeto Escola no Campo, o representante da Empresa PlanteBem, Fábio Pires, expressou a responsabilidade em trazer para Petrolina um evento como este. “Ao vermos que este projeto, que contribui com para a educação no campo aqui no Brasil, estava acontecendo e dando certo na cidade de São Paulo, resolvemos trazer para Petrolina, com o apoio da prefeitura e do seu gestor, o prefeito Julio Lossio, dando o suporte com a estrutura física e de pessoal capacitado, para proporcionar que estes jovens levem e coloquem em prática, todo o conhecimento apreendido aqui não apenas para casa, mas para toda sua comunidade, ajudando-a”, frisou. Já o representante da empresa de agronegócios Syngenta, outra parceira da Prefeitura Municipal de Petrolina, e da Secretaria de Irrigação, na realização do projeto, Eduardo Sousa, comentou sobre a participação deles no evento. “Como empresa defensiva agrícola, precisamos defender o uso correto dos defensivos agrícolas e nós da Syngenta, através do Projeto Escola no Campo, usamos os filhos para educar os pais no manejo correto dos produtos”, destacou.

Quem teve motivos para comemorar foi o vencedor do Jogo de Perguntas e Respostas, o aluno do 5º ano da Escola Municipal Ricardino Ferreira da Silva, Jackson Gabriel Rodrigues da Silva, que opinou sobre o projeto. “É muito interessante participar do projeto, pois aprendemos a usar corretamente à água e a energia, sem desperdiçarmos”, explicou.

A premiação para todas as escolas participantes foi uma máquina fotográfica. A grande vencedora foi a Escola Municipal Ricardino Ferreira da Silva, que se destacou entre as instituições e, os alunos que tiveram as melhores frases e os melhores desenhos, que se referissem aos assuntos estudados no semestre, ganharam kits escolares para serem utilizados no próximo ano letivo.

PROJETO ESCOLA NO CAMPO

O Projeto Escola no Campo nasceu no ano de 1991, por meio de uma parceria entre a empresa de agronegócio Syngenta e a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, com o intuito de formar novas gerações de agricultores conscientes da necessidade de preservar o meio ambiente e do uso da tecnologia para a produção de alimentos mais saudáveis. O projeto está na segunda edição em Petrolina e já beneficiou 300 alunos.

Para que o projeto cumpra o seu objetivo foi desenvolvido um programa didático que é utilizado nas escolas rurais e conta com a participação ativa dos professores, que inserem os conteúdos educativos do projeto na grade curricular das séries atendidas. Diversas parcerias firmadas entre a Syngenta, governos estaduais e municipais e universidades possibilitam o planejamento e a execução das atividades do Escola no Campo.

No ano de 2007, o projeto foi aplicado em sete estados brasileiros, atingindo mais de 50 mil alunos e agricultores e envolvendo mais de 1.500 professores.

Texto e Foto: Emaísa Lima
Assessoria de Comunicação Social

http://www.petrolina.pe.gov.br/2010/noticia_21.php?id=1893
Prefeitura Municipal de Petrolina
20/12/2011

Nenhuma resposta to “Mais de 300 alunos de escolas municipais foram beneficiados com o Projeto Escola no Campo”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: