PRÓ-SELO UNICEF PETROLINA
O mundo inteiro vai ver meu município mais fortalecido e com bons olhos.

Mais de 200 crianças e adolescentes são atendidos no CAPS Infantil de Petrolina

Voltado para o atendimento de crianças e adolescentes menores de 18 anos, o Centro de Atenção Psicossocial Infantil (CAPSi) de Petrolina, inaugurado em setembro de 2011, é o único do tipo instalado no Sertão pernambucano. O serviço é dedicado ao tratamento de pacientes com transtornos mentais, como psicoses, neuroses e o autismo, e transtornos decorrentes do uso abusivo de substâncias psicoativas, como álcool e outras drogas. Atualmente, existem cerca de 220 crianças em tratamento no Centro.

Os usuários são atendidos por uma equipe multiprofissional formada por médico psiquiatra, psicólogo, enfermeiro, assistente social, técnico de enfermagem e um recreador. As crianças e adolescentes que chegam ao serviço por demanda espontânea ou encaminhada pelas unidades de saúde e órgãos como Ministério Público e Conselho Tutelar são acolhidas e avaliadas antes de iniciar o tratamento. “Qualquer pessoa pode procurar o CAPSi. Aqui, nós ouvimos as queixas trazidas pelos responsáveis e realizamos uma triagem para identificar se o usuário realmente precisa ser tratado no Centro. Após o diagnóstico, elaboramos um projeto terapêutico para trabalhar com esse paciente”, explicou a Coordenadora do serviço, Poliana Cruz.

Acompanhada pelo CAPSi desde setembro, a dona de casa Maria José Santana Barbosa, já percebe mudanças no comportamento do seu filho de 17 anos. “Meu filho ia para a escola e não aprendia nada, era muito inquieto, agressivo e não parava na sala de aula. A professora me orientou a procurar o CAPSi e agora eu noto a diferença no comportamento dele. Está mais calmo, estudando numa sala de aula normal e faz as tarefas sozinho. Eu fico muito feliz de ver o meu filho assim”, descreve a moradora da comunidade de Pedrinhas.

Para Eleneide Lima, encontrar o CAPSi foi um presente. Uma das suas maiores preocupações era o isolamento da sua filha de 15 anos, que não tinha amigos e quase não conversava. “Depois que nós chegamos aqui ela já de desenvolveu muito. Antes não tinha intimidade com ninguém na escola, não conversava, chegava num lugar sentava no canto e lá ficava. Hoje ela tem amigos e conversa bastante”, lembra a mãe, atendida pelo serviço desde dezembro.

Enquanto os filhos participam das oficinas terapêuticas, das consultas com o psicólogo e com o psiquiatra, das atividades de interação e inserção social, e das atividades lúdicas, através das quais aprendem noções de regras e limites, os pais recebem orientação, medicamentos e também são acompanhados em reuniões, duas vezes por semana. O serviço realiza ainda visitas domiciliares e faz a busca ativa de pacientes.

O CAPSi fica localizado à Rua da Canafístula, 225 – Areia Branca.

Texto: Eneida Trindade
Foto: Arquivo
Assessoria de Comunicação Social
Prefeitura Municipal de Petrolina
29/05/2012

http://www.petrolina.pe.gov.br/2010/noticia_21.php?id=2343

Nenhuma resposta to “Mais de 200 crianças e adolescentes são atendidos no CAPS Infantil de Petrolina”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: