PRÓ-SELO UNICEF PETROLINA
O mundo inteiro vai ver meu município mais fortalecido e com bons olhos.

Programa municipal propõe fortalecer a interação entre a escola, a família e o Poder Judiciário em Petrolina

Estimular a harmonia, a disciplina e o respeito ao ambiente escolar são alguns dos objetivos do programa Justiça e Cidadania. Criado pela Vara da Infância e Juventude de Petrolina em parceria com a Prefeitura de Petrolina e a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Trabalho – Sedest, a Defensoria Pública do Estado de Pernambuco, o Conselho Municipal de Defesa dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes – CMDDCA, a Guarda Municipal e as Polícias Civil e Militar, o programa visitou nessa terça-feira (19), a Escola Estadual Humberto Soares, no bairro Cohab Massangano.

No total, mil alunos estão matriculados nos três turnos escolares com turmas do 5º do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio. Os alunos e seus pais foram convidados a assistir as palestras sobre cidadania, evasão escolar, violência nas escolas e os direitos e deveres das crianças e adolescentes como rege o Estatuto das Crianças e Adolescentes – ECA. Na primeira etapa do encontro, a Dra. Noely Motta, representante da Defensoria Pública do Estado de Pernambuco e o advogado do Centro de Referência em Assistência Social (CREAS), Dr. Jairo Diógenes Pereira debateram sobre as responsabilidades dos pais junto à escola na educação dos jovens.

A secretária de Desenvolvimento Social e Trabalho, Maria Adinair Viana, falou sobre os benefícios da união de todos os agentes envolvidos para um bom desenvolvimento emocional nas crianças e adolescentes. “A criança e o adolescente vivenciam parte de sua vida dentro das escolas e, por isso, é fundamental que os órgãos de segurança e proteção desses jovens estejam imbuídos em ações dessa natureza com o objetivo de educá-los para que esses jovens tenham um futuro saudável”, salientou.

Um dos temas desenvolvidos dentro do programa é a Cidadania, como explicou o instrutor do setor de pesquisa e instrução da Guarda Municipal de Petrolina, Plinio dos Santos Silva Lacerda. “O nosso trabalho é educativo. Palestramos sobre a família, a cidadania, na conscientização do aluno e do seu papel na escola. Nós da Guarda Municipal sabemos que o papel da segurança pública não é somente ostensivo, mas também preventivo”, explicou. Segundo ele, alguns adolescentes cometem alguns atos devido à falta de informação.

O programa tem visitado as escolas, reunindo pais de alunos envolvidos em ocorrências de indisciplina e proporcionando um diálogo na construção da cidadania de crianças. “Estamos aqui para explicar a esses alunos e aos pais que todos têm que assumir suas responsabilidades no comportamento desses jovens na escola”, reforçou o Juiz titular da Vara da Infância e Juventude, Dr. Marcos Bacelar, que já contabiliza 22 mil atendimentos em 50 escolas e núcleos educacionais do município desde o início do projeto em 2009.

Durante os encontros, os pais tem a oportunidade de conversar com psicólogos, assistentes sociais, advogados, fiscais da infância e juventude e conselheiros tutelares para orientação e aconselhamento sobre educação e convivência na escola e na família. “Os pais são chamados junto com os filhos para a mudança de comportamento na escola, se isso não acontecer os mesmos são responsabilizados civil e criminalmente por não respeitarem o ambiente escolar”, informou a diretora de atenção à criança e adolescente do município, Rozinete Bonfim.

A gestora da escola, Girlane Amara Cavalcanti, acredita que ações como esta podem sim melhorar o comportamento dos alunos e transformar o ambiente escolar. “Num momento como esse os deveres e os direitos desses adolescentes são colocados de maneira real, chamando os pais a participarem dessa discussão de maneira mais efetiva”, avaliou.

O Programa Justiça e Cidadania ficou entre os 35 melhores projetos do Brasil que desenvolveram ações de defesa dos direitos e deveres de crianças e adolescentes.

Texto e Foto: Iana Lima
Assessoria de Comunicação Social
Prefeitura Municipal de Petrolina
21/06/2012

http://www.petrolina.pe.gov.br/2010/noticia.php?id=1376

Nenhuma resposta to “Programa municipal propõe fortalecer a interação entre a escola, a família e o Poder Judiciário em Petrolina”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: